Principal > Sobre o Portal TCE-RS > Acessibilidade

A acessibilidade visa a atender usuários com deficiência fornecendo recursos operacionais alternativos para acesso à internet. O TCE-RS tem como princípio a adoção de uma política democrática de acessibilidade aos conteúdos e serviços disponíveis no Portal.

Essa política pretende promover a inclusão tecnológica a qualquer cidadão na medida em que dispõe de recursos de navegação compatíveis com as especificidades físicas que cada necessidade exige, em cada um dos sentidos humanos utilizados durante o acesso: o tato, a audição e a visão.

Indivíduos com deficiência visual, auditiva, cognitiva ou motora, com baixa capacidade de assimilação ou pouca habilidade tecnológica e os idosos devem ter acesso às informações com o mínimo de limitações possíveis.

Garantir que um maior número de usuários, em diferentes condições físicas ou cognitivas, possa navegar no Portal é uma premissa estabelecida pela Lei de Acessibilidade para sítios eletrônicos do Governo Federal (Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000).

Os recursos de aumento de fonte de texto, disponíveis no cabeçalho das páginas, contribuem para acesso ao conteúdo por pessoas com disfunções visuais comuns, como a miopia.

A disposição dos controles e funcionalidades da interface gráfica, tanto quanto seu aspecto geral, visam a atender às especificações internacionais de ergonomia e acessibilidade do World Wide Web Consortium (W3C), da organização Acessibilidade Brasil, bem como das demandas de adequação para sítios institucionais estabelecidas pela política federal de Governo Eletrônico (e-Gov).

O TCE-RS também adotou a audiodescrição, o recurso de acessibilidade que permite que pessoas com deficiência visual e que usam aplicativos de leitores de tela possam ter uma boa ideia do conteúdo da imagem que acompanha os textos jornalísticos.

A Comissão de Acessibilidade do TCE-RS preparou a Cartilha de Acessibilidade em prédios públicos - O que pode melhorar? O objetivo do material é indicar algumas ações tendentes à remoção de barreiras arquitetônicas, que estejam dificultando o acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida aos órgãos públicos.

Garantir o direito de ir e vir a todos os cidadãos, com segurança e autonomia, é um dever de todos. Você acessa a cartilha aqui.


Sobre o Portal TCE-RS:

Termos de Uso | Privacidade | Acessibilidade | Mapa do Site
Palácio Flores da Cunha - Rua Sete de Setembro, 388
Centro Histórico - CEP 90010-190 - Porto Alegre - RS
Fones: (51) 3214-9869 - Atendimento
(51) 3214-9700 - Telefonista   
0800-541 98 00 - Ouvidoria    
Horário de Atendimento: das 10h às 18h
© 2010 TCE-RS - Todos os direitos reservados Conteúdo disponível sob uma Licença Creative Commons Licença Creative Commons